Protetores bucais - Topmaster

Dra. Gisele Costa Maffei

Protetores bucais

Protetores bucais tem um importante papel na prevenção de lesões de face e dentes quando usados durante a prática de esporte.

Estudos comprovam que durante temporada de provas, jogos e campeonatos, atletas tem 10% mais chance de sofrerem lesões de face e boca. Outros estudos comprovam que 13 -39% das lesões em dentes são relacionadas a esporte, e que de todos os acidentes esportivos relatados 11-18% implicam em lesões de face e/ou dentes. Entre as lesões mais comuns estão a fratura de dentes, a avulsão dentária (quando o dente sai completamente da boca inclusive com a raiz), fratura de ossos da face, lacerações de tecidos moles (lábio, gengiva).

Com essa quantidade de dados disponíveis, fica clara a necessidade de investirmos em proteção. Proteção adequada evita que o atleta fique fora de treinos e temporadas enquanto acontece a reabilitação e evita também gastos adicionais com tratamentos curativos.

Porém muitas vezes eles costumam ser alvo de críticas de quem utiliza ou já utilizou o dispositivo. As observações mais comuns são de que o protetor atrapalha ao falar, e ao se alimentar, cai dos dentes facilmente, ou que atrapalha a respiração.

Dispositivos com essas características costumam ser aqueles comprados em farmácia ou em lojas de artigos esportivos.

A boa notícia é que quando o protetor bucal esportivo é confeccionado por um dentista especializado em esporte, ele se torna um grande aliado para o atleta.

O protetor bucal ideal é confeccionado especialmente para cada boca e para o esporte a ser praticado. Ele deve ter adaptação perfeita sem apertar, cair ou machucar.

E quando confeccionado corretamente não atrapalha a mastigação, a fala e nem a respiração.