Dra. Renata Esberard Paracchini

A primeira consulta do bebê

Nessa primeira consulta é feita uma avaliação da cavidade bucal da criança, onde é analisada se existe alguma alteração na mordida, conhecer o hábito alimentar e os padrões de higiene do bebê.

Bons hábitos bucais devem ser praticados desde cedo. A primeira consulta do bebê no dentista deve ocorrer logo após o aparecimento do primeiro dentinho de leite, que acontece por volta dos seis ou sete meses. “É importante dizer que essa primeira consulta não é invasiva, nós não vamos mexer na cavidade bucal do bebê. Nessa ida ao consultório odontológico ele irá apenas se familiarizar com o ambiente para que esse momento se torne seguro.”, explica a Dra. Renata Esberard, odontopediatra da Topmaster.

Nessa primeira consulta é feita uma avaliação da cavidade bucal da criança, onde é analisada se existe alguma alteração na mordida, conhecer o hábito alimentar e os padrões de higiene do bebê. “Fazemos também uma avaliação para saber qual o tipo de respiração que a criança tem, e observamos se existe algum trauma ou alteração de cor na gengiva”, diz Dra. Renata.

Essa ida ao consultório também servirá para os pais receberam orientações sobre a alimentação do bebê, a forma correta para escovar os dentes, o tipo de escova ideal e a pasta dental que deve ser usada.

“De fato, essa primeira ida ao dentista é mais extensa que a habitual, porque ela é muito rica em informações. E assim tem que ser, afinal de contas, é a primeira consulta de uma vida toda”, define a Dra.

Após isso, o bebê deverá voltar ao consultório dentário de seis em seis meses para que o especialista acompanhe o aparecimento dos dentes e faça a prevenção de cáries.